Fernando Calhau | the artist




The artist Fernando Calhau
Born 1948, Lisboa, Portugal.
Died 2002

Style and technique of the artist: Painting,


Biography and art, auction, artworks, interview, statement, website:









Original artworks, prints, exhibition posters, monographs, books, collectibles.

Nasceu em Lisboa em 1948. Concluiu o curso de Pintura da ESBAL em 1973, partindo nesse mesmo ano para Londres, com uma bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian. Na Slade School of Fine Arts, completou os seus estudos na área de gravura, com Bartolomeu Cid dos Santos. A prática de gravador vinha sendo decisiva num percurso que se iniciara precisamente, pela aprendizagem na Cooperativa Gravura, instituição onde realizou a primeira exposição individual do seu trabalho (Gravuras Brancas, 1968).
Sem título, 1988, acrílico s/tela, 130×99,5 cm
O sentido do seu trabalho é a exploração do vazio, a obra monocromática. Calhau expôs desde 1968, afirmando-se inicialmente na gravura (participou na VIII Bienal International da Gravura, Lubljana, Jugoslávia, e na Prints Bienal, Tóquio em 1969), simultaneamente com o desenho, a fotografia, filme Super 8 mm, vídeo, para além da presença constante da pintura. Nos anos 80 desenvolveu um trabalho sobre o suporte e a forma, a escala e a arquitectura do espaço, utilizando para além doutros materiais, a chapa de ferro e o néon.. Exposições individuais (selecção) 1968 "Gravuras brancas" Gal Gravura, Lisboa; 1970 "Pintura" Gal. Quadrante, Lisboa; "Desenhos Negros" SNBA, Lisboa, 1975 "Fernando Calhau – Graphic Works", Fund. Calouste Gulbenkian; Lisboa; 1977 "Stage" Gal. Módulo, Porto; 1978 "Night Works", SNBA, Lisboa; 1993 "Razão/Ratio", Gal. Cómicos, Lisboa; 1995 "Paint it Black" (com Michael Biberstein), Porta 33/Museo de Arte Contemporânea do Funchal, Madeira; 2000 "Slow Motion", Art Attack, ESTGAD, Caldas da _Rainha; 2001 "00.01 Gal. Cristina Guerra, Lisboa, "Passageiro Assediado – Desenhos", CAMJAP, Fund. Calouste Gulbenkian, Lisboa. Exposições colectivas (selecção) 1972 Expo AICA, SNBA, Lisboa, 1973 Prémio Soquil (Menção Honrosa); 1974 Four Portuguese Printers, Galeria Valeriur de Daedeber, Aalst; 1976 20e Aniversário da Gravura, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, "Portugália", Labirynt, Lublin, Polónia, "Arte Portuguesa Contemporanea", Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro; 1977 "Alternativa Zero", "Photography as Art, Art as Photography", Porto, Lisboa, Barcelona, "Artisti Porthogesi d’Oggi", Laboratorio, Milão; 1988 "Lisbonne Aujourd’jui", Musée de Toulon, Toulon; 1992 "Arte Portuguesa", Parlamento Europeu, Strasbourg; 1998 "Arte Portugués desde 1960 en la Colección del Centro de Arte Moderna de la Fundação Calouste Gulbenkian", Fund. Pedro Barrié de la Maza, Madrid; 1999 "Circa 1968" Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto, "Linhas de Sombra", CAMJAP Fund.Calouste Gulbenkian, Lisboa, "Mostra de Vanguardas Portuguesas", Fund. ICO, Madrid; 2000 "Prémios EDP de Pintura e Desenho", Gal. Do Rei D. Luís, Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa. O CAMJAP Fund. Calouste Gulbenkian dedicou-lhe a exposição antológica "Work in Progress" em 2001.
S/ Título #336 2002. Aço e neón, 150×150×12 cm


modern & contemporary artists © the-artists.org 1998 -2013